Lego também é Arte

Image and video hosting by TinyPic
“Dreams are built… one brick at a time”

Então, Em São Paulo aproveitei para dar um pulinho no Ibirapuera e visitar a exposição “Art of the Brick”. Falar dessa exposição é complicado. Primeiro porque se você AMA Lego, como eu, vai ficar muito impressionado. Segundo, a mostra tem o objetivo de mexer um pouco com “eu interior”. Então, se você é alguém com dúvidas sobre a vida (quem não tem?!) vai se sentir chacoalhado. e perceberá que não está sozinho. Somos todos um pouco inseguros, um pouco confusos e estamos todos almejando algo.

Eu divulguei algumas imagens, porém não se preocupe não vou dar spoiler de tudo. A exposição conta com umas 80 obras, e mesmo vendo fotos é muito mais legal de perto. Infelizmente, em São Paulo já acabou, mas o pessoal do Rio já pode ir se animando a exposição começará no “Museu Histórico Nacional dia 17 de novembro e vai até 15 de janeiro.”

Image and video hosting by TinyPic

Meu namorado comentou que esse cara é melhor escultor que escritor. Eu concordo. Porém, mesmo que os textos sejam xarope, as verdades óbvias são difíceis de serem vividas. Ainda sim, é bom ouvi-las (ou no caso lê-las), pois nos damos a oportunidade de repensar nossas realidades e avaliar o que precisa ser modificado. Isso não é uma missão fácil.

Image and video hosting by TinyPic

A exposição nos faz refletir que mudar é uma necessidade, talvez desconfortável. Você já teve a impressão que sua vida está girando em círculos? Eu acredito que esse circulo significa que algo em nós precisa ser amadurecido, pois quando não podemos controlar o mundo exterior, nossa estratégia é que deve ser outra. Os círculos são uma forma que a vida encontra para te força a aceitar a realidade ou seguir batendo a cabeça. No caso, nosso artista Nathan Sawaya deixou para trás a vida de advogado e se tornou artista.

“Não é fácil dar um salto no escuro. Antes, eu era advogado, mas sempre soube que havia outro “eu”, um “Eu-Artista”, a espreita dentro de mim. Até que um dia deixei liberar o “Eu-Artista”, e desde então não olhei mais para trás.”

Image and video hosting by TinyPic

Pelas palavras do artista na seção dedicada a “Condição Humana” percebemos que o assunto mudança e risco são constantes na vida dele. Na verdade é constante na vida de todos nós.

“Sejam quais forem seus desejos mais secretos, sempre haverá alguém que tente impedi-lo de os alcançar. O grande desafio da vida é encontrar forças para escapar dessas amarras. Criei esta escultura como resposta a todos aqueles que me deram um “não”, cara a cara. Queria guardar distância desse tipo de gente.”

Image and video hosting by TinyPic

“Todos os dias, a vida nos arranca pedacinhos, e todas as noites nos refazemos. E vamos ficando um pouco mais fortes nesse processo.”

Image and video hosting by TinyPic

 “Como membros da raça humana, perseguimos o mundo em busca de oportunidades. Oportunidades para sermos felizes, para termos sucesso. Mas frequentemente descobrimos que essas oportunidades não estão no mundo exterior, mas dentro de nós mesmos.

Image and video hosting by TinyPic

Mas a exposição não conta apenas com esse tipo de escultura. Acredite ou não os quadros abaixo são feitos de lego. Não parecem que são pinxelados?

 

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Tem também esculturas clássicas…

Image and video hosting by TinyPic

E muito mais…. Vale conferir! Bom passeio!

Nade contra a corrente!
Siga seu próprio caminho!
Descubra sua coragem interior!

Quer informações sobre a venda de ingressos? Clique “AQUI” que você será direcionado para página do face.

Image and video hosting by TinyPic

Continue Reading

SP, Calder e eu… Mais uma expo!

Image and video hosting by TinyPic
Hoje venho lhes trazer as boas novas mais uma expo show de bola aqui em São Paulo. Mas primeiro… Você conhece o “Itaú Cultural”? Localizado na charmosa Av. Paulista, lar do MASP e de outros centros culturais. Centro agitando, um misto de gente apressada e arte. Vale um “role” num final de semana ou até mesmo num dia semana (evita filas).

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Alexander Calder nasceu no estado da Pensilvânia, EUA. Graduou-se em engenharia mecânica, iniciou seus estudos em arte em Nova York e desenvolveu seus trabalhos principalmente em Paris. Talvez por causa de sua formação Calder é pioneiro na arte cinética (Lembram-se da pira olímpica?).

Calder visitou o Brasil em três vezes, fazendo amizade com renomados artistas e arquitetos brasileiros, como Roberto Burle Marx (projetista do calçadão de Copacabana), Henrique Mindlin (arquiteto e escritor), Lina Bo Bardi (arquiteta do MASP). Suas obras foram incluídas na primeira e na segunda bienais de arte de São Paulo, e o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) realizou uma mostra individual de seu trabalho em 1959.

A exposição em questão, chama-se Calder e a Arte Brasileira. São 60 obras de Calder e mais produções de 14 artistas brasileiros marcados direta ou indiretamente pela produção do escultor, como: Hélio Oiticica “(lembram-se dele, a pouco tempo grande parte da sua produção foi destruída, infelizmente)”,Lygia Clark, Lygia Pape, dentre outros.

Calder influenciou o neoconcretismo, onde o uso de materiais comuns, a dinamização da forma plástica, o desrecalque do corpo e a quebra de uma distancia mais contemplativa e cerimoniosa do publico diante da obra. Sua arte revela leveza e movimento a materiais como o aço e o arame – assim como pelo jogo entre ordem e o improviso, na década de 1950 afetou destacadamente a arte contemporânea brasileira, energizando a produção artística Brasileira.

Pessoas aproveitem, a expo vai de 31 de agosto a 23 de outubro. São 3 andares e infelizmente não pode tirar fotos. Mas antes de ficarem tristes. O café do museu tem um chocolate quente MARAVILHOSO.
Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Continue Reading

Conhecendo o MIS

Image and video hosting by TinyPic

Então! Estou muito animada! Passei esse feriado em SP e foi uma grande oportunidade para conferir a expo dos X-MEN que está rolando no MIS (Museu de Imagem e Som). “- Sim! O mesmo que recebeu a expo do Tim Burton (Obs: Insuportavelmente cheia) e anteriormente a expo do Castelo Ra tim bum”.

Primeiramente, tenho que perguntar: Você conhece o MIS?

Caso negativo…

O Museu da Imagem e do Som de São Paulo fica localizado no bairro Jardins, bairro dos ricaços. Foi inaugurado em 1970. Seu acervo conta com mais de 200 mil itens como fotografias, filmes, vídeos e cartazes, além de promover exposições e mostras de cinema regularmente. O museu também proporciona espaços para novos artistas, que, exibem seus trabalhos dentro de programas de fotografia, cinema, dança e música.

Image and video hosting by TinyPicEntão, dia 27/05, Aproveitei para conferir a exposição dos X-men, que está propagandeando a estreia do filme “X-men: Apocalipse”  – Que eu assisti logo após a expo e achei bastante bom – Após mil horas de fila, pude conhecer alguns itens que foram utilizados desde o primeiro filme que estreou no ano 2000 até o penúltimo filme de 2014.

Eu, particularmente, achei que alguns itens tem cara de brinquedo, Mas…. fiz uma seleção do que mais me impressionou.

As roupas expostas são fantasticas e dá vontade de experimentar! Da esquerda para direita podemos ver: Noturno, tempestade, Professor Xavier e Magneto. Ao vivo, a roupa da tempestade é muito real, já a do magneto parece um pijama mal feito.

Image and video hosting by TinyPic

Ver os componentes do Fera (Hank McCoy) multilados, opa!, separados, é interessante, eu não imaginava que era assim que acontecia a produção.

Image and video hosting by TinyPic

E a Mistica então?! Outro personagem que leva muito tempo para ficar pronta. Nas fotos podemos ver as escamas do rosto, ombro e peitos. Mas tenham em mente que ela fica TODA AZUL e basicamente nua… Haja tinta!

Image and video hosting by TinyPic

O capacete do magneto, o cérebro e o capacete do soldado Trash do futuro também são itens chamativos – especialmente o cérebro – Vontade louca de experimentar (2) e tirar uma foto pro perfil!

Image and video hosting by TinyPic

Por fim, fica aqui uma recomendação cultural: Vá se perder (ou se encontrar) pelo bairro maravilhoso dos Jardins e conheça esse cantinho. Aproveita para dar um pulinho no MuBE , um outro museu que fica literalmente ao lado. É programa para tarde toda!

Lembrando que a expo do Tim Burton já está na ultima semana e a dos X-Men fica até 07/07 e é gratuita.

Dica1: se puder, evite os finais de semana é realmente cheio.

Dica 2: Mas se você não for estar por SP durante o periodo da mostra dos xmen. Vale entrar no site do MIS e conferir a programação.

Image and video hosting by TinyPic

Continue Reading