Esperança ou Apocalipse–Parte II

ano novo fim do mundo adultaeu

 

Como prometido, aqui vai a parte mais divertida da minha ideia de post de ano novo! Como eu havia falado na parte I, pelo jeito que as coisas andam não ter esperanças é igual a esperar sentado pelo fim do mundo. E se é pra esperar sentado, a gente pode deixar o Netflix ligado né?

Pensando nisso, aqui vai uma lista de filmes e séries para podemos rir sadicamente do nosso destino eminente, ou até tentar pensar em algumas técnicas de sobrevivência Winking smile

1. Gotham

Vi alguém falando recentemente que o Rio de Janeiro estava parecendo uma Gotham sem o Batman. Não sei nada de quadrinhos ou universo DC, mas estou adorando assistir a série. Gotham pode representar na prática qualquer grande cidade corrupta, onde a violência vai prevalecer e as ameaças vão parecer cada vez mais surreais (como os assaltos de velho oeste na UFRJ).

2. Sentidos do Amor

Esse é um filme que apareceu em alguma lista que eu vi recentemente de melhores títulos independentes que tem no Netflix. O cenário é absolutamente verossímil, o que deixa um tom bem sensível à história que acontece em meio ao estouro de uma epidemia nova e estranha, em que as pessoas têm ataques emocionais seguidos pela perda de um dos sentidos. Assim, mostra a história de uma epidemiologista e um chef de um restaurante em meio a essa crise, onde as rotinas normais de vida aos poucos param de se aplicar e as pessoas continuam buscando não só sobrevivência mas também manter os pequenos prazeres de se estar vivo.

3. 12 macacos

Esse é um filme de ação incrível dos anos 90, mas que se passa em um futuro onde a humanidade foi atingida de forma drástica por um vírus. Tem viagem no tempo, uma epidemia mortal, questionamentos sobre a loucura, o Brad Pitt louco e o Bruce Willis sendo o Bruce Willis – tudo somando em um ótimo filme de ficção científica e ação. Fizeram uma série recentemente, mas ainda não assisti – talvez valha uma maratona perto do ano novo rs.

4. O doador de memórias

Não li o livro, mas ouvi dizer que o filme é uma boa adaptação então não vou me incomodar em basear minhas opiniões só nele. Nesse filme, o cenário também é futurista, onde é criado um mundo sem emoções, sem liberdades, sem cores e sem memórias com o objetivo de proteger a humanidade dos prejuízos que tudo isso pode causar. Acho um bom filme pra essa lista apocalíptica por discutir o papel de cada indivíduo em uma sociedade, ainda que de forma fantasiosa, aplicam-se questões sociais importantes. Esse entra na categoria de desastres que podem acontecer quando se tenta prevenir um futuro inevitável.

5. Black Mirror

Claro que não poderia faltar a série mais queridinha do momento. Cada episódio tem uma história independente e, com isso, não há um cenário comum para a série como um todo. Ainda assim, o ponto comum entre todos os episódios é como, de alguma forma, a tecnologia pode destruir as pessoas. Uma parte do sucesso é o fato de alguns episódios parecerem bastante verossímeis, e também o sentimento de identificação que aparece as vezes. Ainda não assisti todos os episódios – não é uma boa série para maratonas, preciso de tempo pra digerir cada um – mas em quase todos se cria um cenário em que eu via a plausibilidade daquilo acontecer de verdade. Não acho de forma alguma uma realidade distante, uma realidade meio doida sim, mas bem próxima àquela em que vivemos.

Preparando a pipoca para assistir o fim do mundo televisionado em 3, 2, …

clarissa adultaeu

Você também irá gostar de ...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *